A equipa da Nordic Surrogacy

Eduardo Afonso, fundador e CEO

Eduardo Afonso, fundador e CEO - Nordic Surrogacy
Olá! O meu nome é Eduardo Afonso e ajudo futuros pais principalmente da Suécia a escolher o destino e o programa que melhor se adequa às suas necessidades. Enquanto CEO, sou, em última instância, responsável pelas nossas operações na Europa do Norte.
Sou pai da Zelda e da Esther, nascidas em 2014 através da maternidade de substituição na Tailândia.

Decidi criar a Nordic Surrogacy porque, de acordo com a minha experiência, percebi que tinha uma grande oportunidade de ajudar os outros através deste processo. O aconselhamento de confiança sobre as legalidades e destinos regulamentados e a orientação dos potenciais pais através das questões práticas são aspetos críticos.

O caminho que percorri até tornar-me pai foi repleto de desafios culturais e barreiras linguísticas. Atravessar o processo de maternidade de substituição num país estrangeiro não foi uma coisa fácil. Depois do nascimento de Esther e Zelda, tive de ficar na Tailândia durante quase quatro meses. E, posteriormente, enfrentei desafios com as questões jurídicas na Suécia que continuaram durante vários meses quando regressei a casa.

Para continuar a abrir caminho para novos futuros pais, trabalhei ativamente para manter o debate em torno da maternidade de substituição e doação de óvulos atual através de interações com políticos, organizações e comunicação social.

A maior lição que tirei da minha jornada foi que temos de estar abertos a desafios que encontramos e aceitar que raramente os conseguimos prever. Sejam humildes em relação a todas as partes e pessoas no processo e confie nas pessoas envolvidas.

O melhor conselho que posso dar aos futuros pais é que sejam pacientes, sejam otimistas e façam perguntas no momento em que tiverem a mínima dúvida sobre algo. Como costumamos dizer – não existem questões parvas. Num processo tão importante quanto este, todas as questões são relevantes e estamos aqui para respondê-las.

Jonas Sternulf-Gleditsch, consultor administrativo

Jonas Sternulf Gleditsch, consultor administrativo - Nordic Surrogacy
Jonas é consultor administrativo na Nordic Surrogacy e está atualmente a passar por um processo de maternidade de substituição na Colômbia com o seu marido. Jonas é a primeira pessoa que conhece da nossa equipa, uma vez que é ele que o(a) guia pelas partes iniciais do processo, onde terá a oportunidade de colocar todas as questões sobre o processo e definir os detalhes mais importantes para si.

– O melhor aspeto em relação ao meu trabalho é poder ser capaz de ajudar alguém a encontrar uma forma de realizar o seu sonho de ter um filho. Especialmente para aqueles que pensaram que não poderia ser possível. Sei o quão forte pode ser o desejo de ter um filho, também passei pelo mesmo. Sempre quis ter muitos filhos e encontramo-nos agora no meio de uma caminhada em que teremos dois filhos, o que considero fantástico.

Quando o meu marido e eu tomámos a decisão de optar pelo caminho da maternidade de substituição, foi porque nos sentimos confortáveis e tínhamos confiança no processo. Quero passar esta confiança a todos os futuros pais que conhecer. Não se trata de um trabalho comum numa empresa comum. Sei que faço a diferença no dia-a-dia de alguém, o que torna o trabalho agradável e relevante.

Sintam-se à vontade para me contactar para aconselhamento grátis para que possamos analisar aquilo que poderá ser a sua própria caminhada!

Fernando Vitorino, Coordenador de Área Europa do Sul

Fernando Vitorino, Coordenador de Área Europa do Sul - Nordic Surrogacy

Fernando possui Licenciatura em Ciências e mestrado em administração de empresas. Passou 25 anos a trabalhar na indústria farmacêutica num ambiente multicultural: É bicultural, nasceu em Portugal e cresceu na França com proficiência em inglês e espanhol.
Fernando e o seu marido do Brasil são os pais felizes de duas crianças, nascidas através de maternidade de substituição e doação de óvulos nos EUA; foram abençoados com a chegada de Thomas em 2017 e Gabriela em 2019.

Sente-se inspirado pelo sucesso da sua própria caminhada de se tornar pai, possuindo capacidades que irá trabalhar apaixonadamente para aconselhar e ajudar os casais ou indivíduos que gostariam de seguir os seus passos de criar uma família.

Andrea Bautista, coordenadora em Colômbia

Andrea Bautista é a nossa coordenadora local em Bogotá - Nordic Surrogacy
O meu nome é Andrea Bautista e sou coordenadora da Nordic Surrogacy em Bogotá, Colômbia.

Ao longo de toda a minha carreira, trabalhei para melhorar a experiência de cliente, que me permitiu desenvolver empatia, criar soluções e interagir com todos os que conheço. Ajudar futuros pais num dos períodos mais felizes e mais importantes das suas vidas enche-me de alegria e é a melhor parte do meu trabalho.

Irei trabalhar para tornar a estadia em Bogotá uma experiência tranquila e inesquecível. Juntamente com a restante equipa, oferecemos uma experiência profissional baseada na confiança, tranquilidade e atenção ao detalhe em cada fase do seu processo.

Luca Nicolò, coordenador Colômbia e EUA

Luca Nicolò, coordenador Colômbia e EUA - Nordic Surrogacy
O meu nome é Luca Nicolò. Tendo trabalhado em escolas e creches na Suécia como professor e coordenador, conto com muitos anos de experiência a trabalhar com pessoas. O trabalho com outras pessoas, quer adultos ou crianças, permitiu-me desenvolver um forte sentido de empatia e capacidade de procurar o entendimento. Consigo identificar-me com a importância de nos sentirmos confortáveis num processo e as emoções que surgem ao longo do percurso.

Procuro guiar os futuros pais ao longo do processo com confiança, segurança e cooperação produtiva.

Candidatei-me ao trabalho como coordenador na Nordic Surrogacy porque reconheço o meu próprio valor no conceito da equipa, isto é, a vontade de ajudar os indivíduos e os casais involuntariamente sem filhos a formar uma família através de um processo de maternidade de substituição seguro baseado em parte na experiência pessoal e sinceridade com os futuros pais. Compreendo o que esta caminhada significa e, enquanto coordenador, procuro criar um sentido de segurança através da confiança, segurança e cooperação produtiva.

Algumas dicas para si enquanto futuro pai incluem: manter um diálogo aberto com o seu coordenador, que está lá para si; ser paciente, desfrutar de cada passo do processo; e confiar em todos os que estão envolvidos no processo.

Lisa Fredriksson, coordenadora Colômbia

Lisa Fredriksson, coordenadora Colômbia - Nordic Surrogacy

Sinto-me felizarda por pertencer à equipa da Nordic Surrogacy. Em 2020, eu e o meu marido tivemos o nosso filho através de um processo de maternidade de substituição na Ucrânia. Tendo passado eu própria pelo processo, sei o quão importante é sentirmo-nos confortáveis ao longo da caminhada e estou familiarizada com as emoções que surgem durante o processo.

Tenho muitos anos de experiência a trabalhar com pessoas. Trabalhei em hospitais pediátricos e em trabalho social como terapeuta CBT. Estas são experiências sólidas que trago para o meu cargo enquanto coordenadora.

A passagem por um processo de maternidade de substituição desperta uma mistura de vários pensamentos e sentimentos. O meu melhor conselho para os que iniciam esta caminhada é ser humilde em cada passo do processo e ter fé de que tudo vai dar certo. Mantenha a boa comunicação e o contacto com o seu coordenador. Não tenha medo de perguntar e lembre-se de que não existem questões parvas. Estou aqui para fornecer apoio e aconselhamento ao longo do processo.

Anneli Diehl, coordenadora Geórgia

Anneli Diehl, coordenadora Geórgia - Nordic Surrogacy
O meu nome é Anneli Diehl e, em março de 2019, tive uma filha com a ajuda de uma mãe substituta na Ucrânia. Como nasci sem útero, infelizmente não me era possível concebê-la, pelo que esta foi uma excelente oportunidade para que eu e o meu marido tivéssemos filhos genéticos. A Nordic Surrogacy tratou do nosso processo do início ao fim.

Escrevi sobre todo o processo no meu blogue surrogatresan.wordpress.com. Tornou-se um blogue popular entre os leitores que procuram saber mais sobre um determinado processo, que estão a meio de um processo ou que tenham anteriormente passado por um processo e isso possibilitou-me ter uma grande rede de contactos no mundo da maternidade de substituição.

Tive a oportunidade de ouvir muitas histórias de vida sobre o porquê de as pessoas necessitarem da ajuda de uma mãe substituta e sou grata por todas as diferentes caminhadas que as pessoas fazem para iniciar uma família.

Peter Torkelsson, Gerente de Parcerias e Operações

Peter Torkelsson, Gerente de Parcerias e Operações - Nordic Surrogacy
Meu nome é Peter e sou responsável por Parcerias e Operações na Nordic Surrogacy.

Após estudos universitários em Madrid e Boston, trabalhei durante os últimos 20 anos no desenvolvimento de negócios e liderança na indústria dos meios de comunicação social em empresas suecas e internacionais. Também construí um escritório de exportação durante alguns anos em Bogotá, Colômbia. Essas experiências me deram um grande conhecimento das relações internacionais e uma boa compreensão das diferenças culturais.

Trago comigo minhas experiências dessas funções para a Nordic Surrogacy com a ambição de gerenciar e desenvolver parcerias estáveis ​​e saudáveis. Operacionalmente, também apoio os meus colegas do departamento de coordenação no seu trabalho geral.

Eu trabalho na Nordic Surrogacy para poder ajudar as pessoas a realizar seus grandes sonhos e apoiar nossa equipe para oferecer a melhor experiência possível e um processo seguro para todos os futuros pais. Estou ansioso para fazer parte desta equipe e compartilhar minha experiência para tornar o processo o mais tranquilo e gratificante possível para todos os envolvidos.

David Sollén, consultor

David Sollén, consultor - Nordic Surrogacy
Meu nome é David e trabalho como consultor aqui na Nordic Surrogacy. Sou o orgulhoso pai solteiro de três filhos incríveis nascidos de barriga de aluguer na Colômbia na primavera de 2022. Tenho experiência como corretor de imóveis, mas depois de iniciar minha jornada rumo à paternidade, queria fazer algo mais próximo do meu coração e ter portanto, desde 2020 trabalhou especificamente com barriga de aluguer e sem filhos involuntariamente.

Minha jornada foi longa, emocionante e repleta de imprevistos e ao mesmo tempo absolutamente incrível. Meu conselho para vocês, futuros pais, é que sejam pacientes, confiem no processo e por último mas não menos importante – não esperem! A jornada de ninguém é igual, mas o objetivo final é mágico.

Para quem está curioso sobre minha jornada particular, tenho uma conta de bebê no Instagram, @sollentriplets. Eu realmente amo meu trabalho e sinto muita gratidão por poder ajudar outras pessoas involuntariamente sem filhos em sua jornada rumo à paternidade.

Espero que nos vejamos!

Magnus Lindbergh, coordenador Colômbia

Magnus Lindbergh, coordenador Colômbia - Nordic Surrogacy
Meu nome é Magnus Lindbergh e sou coordenador da Nordic Surrogacy.

Trabalhei com pessoas em diversas funções de serviço ao longo da minha vida profissional, onde meu foco sempre foi ajudar os outros. Mais recentemente, venho da indústria da aviação, onde trabalhei durante vários anos antes de escolher aceitar o meu novo desafio como coordenador da Nordic Surrogacy.

Sempre desejei ser pai e passei por um processo de fertilização in vitro com meu parceiro e um amigo há alguns anos, que resultou no nascimento de nosso filho em 2018. Minha jornada tem sido de altos e baixos e entendo o quão importante é para se sentir seguro e obter respostas para todas as perguntas que surgirem ao longo do caminho.

Vejo minha empatia, capacidade de ouvir as outras pessoas e de me colocar na situação única delas como muito importantes na função de coordenador. Aprecio clareza e comunicação direta e quero poder oferecer o mesmo a você. Meu conselho durante a jornada é ter paciência e humildade com tudo o que acontecer, porque no final tudo será bom.

Vejo o trabalho na Nordic Surrogacy como uma forma de ajudar o próximo e de fazer parte de um dos momentos mais lindos da vida quando nasce uma criança. Todas as jornadas são diferentes, mas com a busca pelo mesmo objetivo – tornar-se pai!

Charlotte Furuheim, coordenadora Geórgia

Charlotte Furuheim, coordenadora Geórgia - Nordic Surrogacy
Meu nome é Charlotte Furuheim e sou a coordenadora do destino Geórgia. Tenho experiência como parteira e tenho os gêmeos Ingrid e Alfred, que nasceram de uma barriga de aluguer na Ucrânia em 2020.

Nossa jornada começou com repetidas tentativas de fertilização in vitro, tanto com nossos próprios óvulos, quanto com óvulos doados e embriões doados. Passamos por vários abortos e mantivemos esperança por muito tempo. No caminho contraí uma doença reumática, mas não pude iniciar o tratamento enquanto estávamos tentando ter filhos. Depois de um tempo descobrimos que um processo de barriga de aluguer seria uma oportunidade para começarmos uma família.

Com a minha experiência, tanto no nosso processo de barriga de aluguer como também na minha formação médica, o meu objetivo é orientar vocês como casal durante todo o processo com confiança, conhecimento e segurança.

Crie uma imagem alvo para você mesmo quando tiver a criança em seus braços e pegue essa imagem alvo quando parecer difícil. Cada jornada é única, mas leva ao mesmo objetivo, que vocês se tornarão pais.

Nina Klose, Gerente de Saídas Jurídicas e Internacionais

Nina Klose, Gerente de Saídas Jurídicas e Internacionais - Nordic Surrogacy
Meu nome é Nina Klose e trabalho desde janeiro de 2024 como advogada na Nordic Surrogacy. Me formei em Lund e Londres e depois disso trabalhei com diversos tipos de questões jurídicas por quase 20 anos. Também lecionei direito e sou apaixonado por tornar as questões jurídicas acessíveis a todos, independentemente da origem, o que me permite criar grande segurança durante todo o processo de barriga de aluguer.

Embora eu tenha trabalhado em diversas áreas do direito, o fio condutor que permeia minha carreira é meu desejo de ajudar os outros. Poder usar diariamente meu conhecimento e experiência para orientar e apoiar pessoas em situações difíceis é um privilégio. Gosto de desafios e trabalhar com a lei da barriga de aluguer é extremamente estimulante, pois é uma área do direito em constante mudança e com muitas perspectivas diferentes.

Meu foco em todos os contatos com famílias, bem como com colegas ou parceiros é a comunicação clara e a transparência. Para mim, é extremamente importante que os nossos futuros e novos pais saibam sempre qual é o próximo passo no seu processo. Desta forma, posso apoiar e ajudar a ultrapassar os obstáculos que por vezes surgem no caminho.